Banner topo

header ads

Polícia Ambiental intensifica fiscalizações e aplica mais de R$ 68 mil em multas; uma mulher foi presa por maus-tratos

Jabotis eram criadas em cativeiro (foto divulgação)

Da Redação/Richard Silva

A Policia Ambiental realizou nesta quinta-feira (16) diversas fiscalizações na região de Araçatuba e Andradina, onde verificou-se alguns ilícitos ambientais, gerando autuações. Ao total foram elaborados 10 autos de infrações, totalizando um valor de R$ 68.582,00 em multas. 

Em uma fiscalização foram flagrados 12 pássaros da fauna silvestre nativa em cativeiro irregular. Em uma outra ocorrência foi identificado foco de queimada em uma área total de 35,863 hectares. 


Ainda nesta quinta-feira (16) pelo município de Bilac, juntamente com uma equipe da Vigilância Sanitária, os policiais constataram situação de maus-tratos a 01 cachorro e 02 animais da fauna silvestre da espécie Jabuti, em cativeiro. 

A proprietária dos animais foi conduzida à delegacia do município, onde o delegado de plantão efetuou a prisão em flagrante delito, não arbitrando fiança. O cão permaneceu aos cuidados de uma ONG São Francisco de Assis e os Jabutis foram destinados ao Núcleo de Fauna da Superintendência do Estado de São Paulo – Estância Natureza, localizada no município de Lins/SP. 

Além dos jabutis, 01 cachorro vivia em situação de maus-tratos

Foi elaborado na esfera administrativa 02 Auto de Infração Ambiental, por ter em cativeiro 02 Espécimes da Fauna Silvestre, Nativa, infringindo a legislação ambiental, no valor de R$ 1.000,00 e, outro por praticar ato de maus tratos a 01 Animal Doméstico, no valor de R$ 3.000,00. 


Postar um comentário

0 Comentários