Banner topo

header ads

Mulher que abandonou recém-nascida em pasto é presa e vai responder por tentativa de homicídio


No final da manhã de hoje (08/10) a Polícia Civil foi informada que por volta das 11h30 populares haviam encontrado um recém-nascido que ainda estava com parte do cordão umbilical, sendo acionada a Polícia Militar que rapidamente compareceu ao local. 

A criança foi abandonada em uma área de pastagem próximo ao bairro Vila Continental, num dos extremos do município de Emilianópolis.  Trata-se de uma menina, com 45 cm de altura, pesando 2.600 gramas, com cabelo preto, olhos castanhos e pele branca. Imediatamente foi levada ao posto de saúde do município para os primeiros atendimentos, sendo na sequencia encaminhada ao Hospital Estadual de Presidente Prudente. Segundo informações médicas, a criança passa bem e não corre qualquer risco. 

Após tomar conhecimento de todo o ocorrido, o Delegado de Polícia responsável pelo caso, Dr. Daniel Viudes, e os investigadores de Polícia de Emilinópolis, obtiveram a informação de que numa residência situada próximo ao local dos fatos havia possíveis manchas de sangue no quintal. A moradora, uma moça de 20 anos, ao ser questionada negou os fatos dizendo, a principio, que estava em seu período menstrual e com hemorragia. 

Devidamente autorizados, os policiais civis realizaram diligências e encontraram no quintal várias manchas de substância avermelhada, roupas e o lençol do quarto da jovem também com machas assemelhadas a sangue. Novamente questionada e após inúmeras contradições, ela acabou por confessar o ocorrido, dizendo que ninguém sabia que ela estava gravida, sendo que por já ser mãe e não ter condições de criar outro filho, acabou tomando essa atitude ainda no começo da madrugada. 

A.B.S., 20 anos está sendo autuada em flagrante delito por homicídio tentado e ficará à disposição da Justiça. Já a criança ficará sob os cuidados da rede de proteção do município de Emilianópolis.

Postar um comentário

0 Comentários